gestão de restaurantes

Gestão de restaurantes: por que devo limpar e tratar a caixa de gordura?

Por Marketing
Escrito em 24 de outubro de 2019
Atualizado em 22 de outubro de 2019
Blog

Quem pensa em abrir um negócio no ramo alimentício sabe que há muitos detalhes a analisar. Além da correta preparação dos alimentos, um bom atendimento, a plena atenção com os procedimentos burocráticos e o cuidado com a estrutura física do lugar são fundamentais.

Um item no qual poucas pessoas prestam atenção é a caixa de gordura, que serve para receber a gordura proveniente da cozinha. De tempos em tempos, é claro, precisa ser limpa, caso contrário, podem ocorrer vazamentos, mau cheiro e entupimentos.

Quer entender mais sobre o assunto e acertar em tudo na gestão de restaurantes? Basta continuar lendo este post: certamente você nunca mais vai deixar de fazer a manutenção da sua caixa de gordura. Acompanhe!

Para que serve a caixa de gordura?

Em uma cozinha de restaurante, o volume de dejetos gordurosos é enorme. Pratos, talheres, copos, panelas e muitas outras fontes geram uma grande quantidade de gordura, que é eliminada na pia. Agora, imagine se todos esses dejetos fossem parar nos esgotos?

Para evitar que isso aconteça, existe a caixa de gordura. Ela nada mais é que um local intermediário até a rede de esgotos. Como a gordura é menos densa que a água, em pouco tempo ela decanta e boia. Dessa maneira, apenas a parte líquida vai para os canos, enquanto o material gorduroso fica retido na caixa.

Isso impede que os canos entupam e acabem comprometendo toda a rede de esgotos do seu imóvel. No entanto, de tempos em tempos é necessário fazer a limpeza desse recipiente. Isso impede que ela transborde e cause uma série de outros transtornos.

Quando limpar a caixa do imóvel?

A frequência da limpeza vai depender principalmente do volume de água que é dispensado na pia. Quanto mais gordura você jogar sem o uso de filtros, mais frequentes serão as limpezas que você terá pela frente.

O tamanho da caixa também é muito importante. Quanto maior ela for, mais espaçados serão os processos de higienização. Por isso, na hora de construir a sua caixa de gordura, você deve consultar um profissional especializado, capaz de realizar os cálculos necessários e prestar atenção na qualidade da instalação.

Caixas de má qualidade podem rachar e despejar os dejetos na natureza, além de vazar a ponto de obstruir as máquinas responsáveis por deixar a água limpa novamente.

Apesar disso, é possível fazer uma estimativa do espaçamento entre essas limpezas. No caso das residências, elas devem ser realizadas de seis em seis meses. As caixas dos apartamentos devem ser limpas em intervalos de três meses; e nos casos de pequenos restaurantes, mensalmente. Se o seu restaurante for muito grande ou apresentar um grande volume de dejetos, pode ser necessário lavar toda semana.

Por que limpar a caixa de gordura regularmente?

É bem simples perceber quando a caixa de gordura está entupida. Rapidamente você vai começar a sentir cheiros bem ruins exalando da pia e maior lentidão na hora de escoar a água. Poderá perceber que a caixa está transbordando e vindo a causar problemas de refluxo de dejetos.

Em um restaurante isso pode ser um problema e tanto. Afinal, além de ser muito anti-higiênico, seus clientes podem também perceber que algo está errado. E, uma vez criada a má impressão, será difícil de reverter a impopularidade do negócio.

Sem contar que os problemas decorrentes da sujeira na caixa podem ser muito mais difíceis de solucionar, se comparados a uma simples limpeza. Muitas vezes, entupimentos demandam que você quebre paredes e substitua peças. Um grande prejuízo na gestão de restaurantes, não é mesmo?

Como fazer o tratamento desse recipiente?

A grande vantagem é que atualmente existem muitas formas de tratar o conteúdo da caixa de gordura para que a limpeza completa possa ser realizada em intervalos cada vez maiores.

O BioCubo é uma dessas soluções. Ele consiste em um bloco de formato cúbico e composto por microrganismos que conseguem degradar as gorduras, graxas, proteínas e muitas outras substâncias orgânicas.

Com seu aproveitamento, você consegue uma grande eficácia sem agredir o meio ambiente e não vai precisar investir em pessoas para realizar a limpeza mecânica da caixa. A duração do cubo é calculada de acordo com o volume de água dispensado no reservatório. Dessa forma, não é necessário fazer dosagens periódicas.

Para fazer a aplicação adequada do cubo, a SUPERBAC vai até o local e realiza uma avaliação. Então, ele é aplicado diretamente na caixa de gordura. Assim, sempre que a água passa pela caixa, os microrganismos do BioCubo se encontram com os dejetos e começam o processo de degradação.

Quais os benefícios de realizar o tratamento com ativos biotecnológicos?

A principal vantagem de usar produtos para o tratamento da água da caixa de gordura é a grande praticidade e a economia. Ter que acionar um serviço de limpeza semanalmente pode ser um transtorno. Da mesma forma, o esquecimento ou atraso no serviço pode gerar muitos contratempos.

Quando você realiza o tratamento da caixa com esse tipo de controle natural dos dejetos, evita problemas com mau cheiro no seu estabelecimento, impede que o sistema de esgotos se deteriore e não precisa se preocupar com a checagem da dosagem.

Basta observar o volume de água que já passou pela caixa e acionar a empresa para realizar a substituição do cubo. Com isso, você garante tranquilidade para desempenhar suas funções, impede entupimentos e questões relacionadas ao mau funcionamento da rede de esgoto e ainda preserva o meio ambiente.

Afinal, diferentemente de métodos de tratamento químicos e sintéticos, o BioCubo usa ativos biotecnológicos. Por isso não é poluente e consegue agir de maneira muito mais inteligente, de modo que se mostra como a solução ideal para a gestão de restaurantes.

Como se pode perceber, por mais que não seja algo em que pensamos logo de imediato, a higienização da caixa de gordura não pode ser negligenciada. Fazer isso pode causar problemas sérios, como canos entupidos, vazamentos e mau cheiro.

Quer evitar que isso aconteça? No processo de gestão de restaurantes, você pode incluir a contratação de pessoas para realizarem a limpeza periódica da caixa ou tratar os dejetos com produtos como o BioCubo. Considerando o fato de que em um restaurante a demanda por limpeza pode chegar a ser semanal, optar pelo BioCubo acaba sendo muito mais vantajoso.

O que está esperando para resolver de uma vez por todas o problema da caixa de gordura? Entre no nosso site e conheça todas as soluções disponíveis para você e sua empresa.

Deixe um comentário

dois + doze =

Fique por dentro

Fique por dentro de todas as nossas novidades e soluções, do mercado de
agropecuaria, saneamento e bens de consumo.