fossa séptica e sumidouro

Descubra quais são as diferenças entre fossa séptica e sumidouro!

Por Marketing
Escrito em 27 de outubro de 2020
Atualizado em 9 de outubro de 2020
Blog

Infelizmente, o saneamento básico ainda é um problema grave em todo o mundo. Pelo menos 4 em cada 10 pessoas no mundo não têm acesso a ele e, sem isso, a água não é adequada para consumo. E pode, então, contaminar pessoas, causar doenças graves e até mesmo levar à morte. Sem contar todo o prejuízo causado ao meio ambiente.

Para ajudar a diminuir esses problemas, é possível contar com o uso de fossa séptica e sumidouro. Esse é um sistema que garante todas as fases de tratamento de esgoto: o preliminar, que separa os dejetos do líquido, o primário, que decanta o conteúdo, o secundário que permite um processo de filtração e o terciário, que deixa a água pronta para reutilização ou devolução à natureza.

Mas como funciona todo esse processo e quais são as diferenças entre as duas estruturas? Tire essas e outras dúvidas a respeito do tema com a leitura deste artigo!

O que é fossa séptica?

A fossa séptica costuma ser a melhor alternativa para regiões que não contam com o tratamento de esgoto convencional. Como, por exemplo, zonas rurais e habitações mais afastadas de centros urbanos.

Esta é uma unidade que atua química e fisicamente em dejetos, o que garante a purificação da água presente no vaso sanitário. Dessa maneira, ela é devolvida ao ambiente com o mínimo de qualidade.

O funcionamento da fossa começa quando ela recebe os dejetos provenientes do banheiro da residência. Em um tanque de alvenaria ou concreto, acontece o processo de decantação, em que a parte sólida fica no fundo da estrutura e a parte líquida se sobressai.

Em seguida, a decomposição se inicia com o auxílio de bactérias anaeróbicas. Os gases produzidos nessa etapa de fermentação são liberados por meio de uma válvula de escape.

Por fim, na medida em que o tanque se enche, o líquido passa para um segundo tanque, com um filtro que contém cascalho e areia. Assim, a última etapa por ali é a filtração.

O que é sumidouro?

O sumidouro, por sua vez, é um tanque instalado ao lado da fossa séptica. Ele é responsável pela etapa final de tratamento primário do esgoto, ou seja, quando o líquido é filtrado e pode ser reaproveitado ou devolvido para o meio ambiente.

Por isso, fossa séptica e sumidouro não têm atividades independentes, precisam sempre trabalhar juntos. O tamanho desses dois recipientes varia conforme a quantidade de moradores da casa. Entretanto, é importante que sua capacidade mínima seja de pelo menos 1.000 litros.

No fim do processo, vale ressaltar a importância de se realizar a manutenção e a limpeza das fossas. Somente um caminhão limpa-fossas está apto a fazer o recolhimento e descarte corretos dos detritos em um aterro sanitário.

Quais são os documentos necessários para a construção?

Para construir uma fossa séptica com sumidouro é indispensável ficar atento à documentação necessária. O primeiro documento solicitado é o alvará para essa construção, que deve ser obtido junto à prefeitura de sua região.

Em seguida, é preciso retirar uma licença ambiental, junto ao órgão a que a empresa de instalação esteja vinculada. Junto a ele, estará anexada uma licença de operação, para que as obrigações previstas sejam monitoradas e cumpridas.

Depois, haverá uma ART, ou Anotação de Responsabilidade Técnica, emitida pelo responsável técnico da instalação, que é legalmente habilitado. Em relação à limpeza da estrutura, outros documentos específicos são exigidos.

Por exemplo, o cadastro técnico para a destinação dos dejetos e o Certificado de Destinação Final de Resíduos da empresa que presta este serviço. Por último, para o caso de estabelecimentos comerciais e industriais, há ainda um alvará de localização e funcionamento expedido pela prefeitura.

Quais são os cuidados na instalação da fossa séptica e sumidouro?

Existem alguns cuidados básicos que precisam ser tomados para uma instalação prática e segura de fossa séptica e sumidouro. A começar pela distância em que a estrutura deve ficar da casa, que deve ser de pelo menos 4 metros.

Ainda é importante não instalar a fossa perto de qualquer fonte de captação de água, para que não corra riscos de contaminação. A distância mínima recomendada é de 30 metros.

O sistema também deve ser instalado exatamente ao lado do banheiro, em um nível terreno. Por fim, é de suma importância não direcionar o esgoto de ralos e pias para a fossa. Do contrário, materiais químicos presentes em produtos de limpeza podem atrapalhar o processo de decomposição e, assim, não gerar um processo completo que possibilite a reutilização das águas.

É essencial frisar ainda que, com essas medidas, não há chances de contaminar lençóis freáticos caso aconteça algum vazamento. Dessa forma, você previne inúmeras doenças que atingem humanos e animais, além de plantações, lavouras e áreas de mata.

Quais são as vantagens do uso dessas alternativas?

Agora, é de suma importância falar um pouco sobre as vantagens do uso dessas alternativas para o tratamento de esgoto. Conheça as principais!

Bom custo-benefício

A instalação tem um baixo custo, mas a estrutura tem uma duração grande, que varia de 20 a 40 anos com o uso e a manutenção corretos. Assim, é preciso apenas seguir as recomendações para a conservação, de modo a fazer valer o gasto.

Economia na manutenção

A manutenção da fossa séptica é bastante econômica e não requer o uso de muitos produtos ou recursos elaborados para um bom resultado. Por isso, a praticidade reforça um ótimo retorno do investimento. A limpeza ainda pode ser feita em intervalos de tempo relativamente longos.

Necessidade de pequeno espaço

Não é preciso um espaço muito grande para a instalação, especialmente em comparação a outros sistemas de tratamento de água. Dessa maneira, a adaptação é fácil e simples para sua necessidade.

Evita doenças

Como o uso da fossa diminui a poluição da água e do solo, muitas doenças transmitidas por esses meios são evitadas. Com isso, você tem mais saúde para você e sua família.

Como é possível perceber, o uso de fossa séptica e sumidouro é indicado para inúmeras situações e traz excelentes resultados. Diante da necessidade de instalação, não se esqueça de contar com uma empresa confiável de soluções biotecnológicas para que garantir um saneamento básico efetivo e o bom funcionamento do sistema.

Gostou de saber um pouco mais sobre o assunto? Siga nossas páginas no Instagram, Facebook, YouTube e LinkedIn para continuar atualizado e conhecer mais sobre nossos serviços e produtos!

Deixe um comentário

19 − oito =

Fique por dentro

Fique por dentro de todas as nossas novidades e soluções, do mercado de
agropecuaria, saneamento e bens de consumo.