Eficiência operacional na indústria: como melhorar na prática?

eficiencia-operacional-na-industria-como-melhorar-na-pratica.jpeg

Atualmente, um dos maiores desafios encontrados por quem trabalha em um meio industrial é prever e solucionar os problemas antes que eles aconteçam.

Sempre correr atrás do prejuízo pode causar muito transtorno e impactar negativamente toda a produção. Já parou para pensar em algo que pode ser feito para resolver essa situação?

Investir na eficiência operacional na indústria é uma prática que pode acabar com esse problema de forma ecologicamente correta e atendendo à legislação.

Quer saber como isso é possível? Continue lendo o nosso post e descubra a resposta para essa e outras perguntas!

Entenda o que é eficiência operacional na indústria

A definição de eficiência operacional na indústria pode ser resumida em adotar práticas que possam tornar os seus processos melhores.

Isso é muito importante para prever os erros que um sistema produtivo apresenta e solucionar essas falhas antes que elas acabem gerando grandes problemas, sendo eles financeiros ou ambientais.

Saiba os benefícios dessa prática

À medida que você opta por tornar os seus processos industriais cada vez mais eficientes é possível:

  • identificar falhas nos equipamentos;

  • verificar o tempo de produção e quanto tempo a indústria precisou parar;

  • aumentar a velocidade da produção;

  • tornar-se referência no mercado;

  • desenvolver bom métodos de qualidade;

  • gerenciar os resíduos corretamente;

  • resolução de problemas ambientais.

Conheça 6 dicas para a alcançar a eficiência operacional na indústria

Até agora vimos o que é a eficiência operacional na indústria e como adotá-la é benéfico. Mas tudo isso é apenas teoria. Como colocar em prática essa ideia?

Separamos 6 medidas para você ser bem-sucedido nessa jornada. Veja agora quais são:

1. Verifique o desempenho das operações

O primeiro passo para alcançar a eficiência operacional é tirar um tempo para verificar aquilo que é feito. Você precisa entender todo o seu processo operacional.

Nesse momento é importante analisar as operações e enxergar as fases em que é fácil cometer algum erro. Caso um trabalho seja feito de forma manual, por exemplo, pode gerar retrabalho, é passível de erros. A melhor opção nesse caso é procurar no mercado meios de automatizar a tarefa.

Tomar atitudes como essa vai fazer com que você veja os pontos falhos do seu processo operacional, aqueles que estão provocando perdas de recursos valiosos, e, assim, os transformar em algo benéfico e eficiente dentro da empresa.

2. Crie estratégias de melhoria

Apenas analisar o desempenho das operações não é o suficiente para tornar os processos internos eficientes. Você precisará estabelecer uma ordem de prioridade, ou seja, ver o que está impactando mais as operações e resolver esses problemas primeiro.

Não pense que você e sua equipe conseguirão resolver todos os problemas de uma única vez. A eficiência operacional na indústria não é tão simples como muitos acabam dizendo, pois exige estratégias certeiras.

Montar um bom plano tático, que seja capaz de prever as difíceis situações e mostrar possíveis saídas para os problemas, é o que vai garantir todo o seu sucesso durante a implementação das melhorias, deixando o trabalho mais fácil.

3. Busque tecnologias inovadoras

É muito importante verificar o que o mercado tem de novidade, que vai ajudar você a resolver o seu problema, sem agredir o meio ambiente.

Muitos acreditam que falar de tecnologias inovadoras é o oposto de procurar formas sustentáveis de desenvolvimento. No entanto, essa ideia está errada. Quer saber o motivo disso?

Pare e pense em uma indústria que utiliza muita água em seus processos de produção. À medida que ela investir na modernização, será possível continuar produzindo a mesma quantidade com um uso menor de matéria-prima e água, tornando todo esse processo ecologicamente correto.

Essa situação pode se dar em praticamente todas as áreas de uma indústria. É muito bom saber que podemos contar com soluções biotecnológicas.

4. Automatize operações

Ter operações automáticas é uma excelente forma de diminuir os erros que podem acontecer durante os processos industriais. A verdade é que o ser humano, sem a ajuda da tecnologia, pode errar com facilidade.

Esse cenário está longe do ideal dentro de uma empresa. Erros podem resultar em diversas perdas, como a da matéria-prima, e fazer com que o funcionário tenha um retrabalho para entregar o seu serviço com qualidade.

Essa é uma estratégia que deve ser constantemente avaliada. Hoje, já é possível automatizar mais do que apenas os processos produção, o controle de qualidade interno também está incluído na etapa de automação, poupando tempo, mão de obra e recursos da indústria.

5. Faça um bom planejamento

Depois de descobrir onde você deve dar atenção no seu processo e criar estratégias que vão melhorá-lo, chegou a hora de planejar a execução das atividades.

A estratégia consiste em dizer o que deve ser feito para solucionar o problema. O seu planejamento será o responsável por dizer quando essas ações serão tomadas.

Fazer isso é muito importante para que as ideias de melhorias não sejam perdidas. Essa ação garante que as devidas providências serão tomadas para corrigir os problemas.

Uma dica aqui é criar um calendário com prazos realistas. Estabelecer prazos a esmo pode causar muitas frustrações. Então, planeje-se e cumpra aquilo que foi estabelecido.

6. Monitore os resultados

Como saber se as suas ações para melhorar a eficiência operacional na indústria estão dando certo? É preciso fazer uma avaliação do que a sua atitude vai impactar.

Depois de fazer isso, você pode estabelecer métricas para medir os seus resultados. Esse último passo talvez seja o mais importante. É ele que vai mostrar os benefícios que empresa está colhendo e vai motivar todos os envolvidos no processo a continuar investindo na eficiência operacional.

A verdade é que ver os resultados dos esforços que são feitos, tanto da liderança, como de cada funcionário que participou no projeto, vai impulsionar o seu processo produtivo e tornar as pessoas mais motivadas a melhorar cada vez mais.

Investir na eficiência operacional indústria é a melhor forma de encontrar as falhas e corrigi-las. A partir dessas iniciativas, os seus processos serão cada vez melhores, aumentarão a capacidade produtiva da empresa e a destacará cada vez mais no mercado.

Gostou de saber como melhorar a eficiência operacional na indústria? Já coloca essas medidas em prática? Comente e compartilhe com a gente os seus resultados!

Deixe um comentário

vinte − 17 =