Como garantir a segurança ambiental em aterros sanitários?

como-garantir-a-seguranca-ambiental-em-aterros-sanitarios.jpeg

Quem está envolvido nos processos de segurança ambiental em aterros sanitários sabe que essa não é uma tarefa simples. Por isso, é necessário fazer pesquisas de mercado e encontrar as soluções mais apropriadas para o seu caso.

Contudo, informações relevantes nem sempre são achadas com facilidade. Para ajudar você nessa jornada separamos algumas práticas que vão ajudá-lo a alcançar seus objetivos.

Quer saber quais são? Continue lendo o nosso post, você não vai se arrepender!

Saiba como os aterros sanitários podem ser prejudiciais

Os aterros sanitários apresentam vários riscos ambientais que podem ser minimizados por algumas ações que os gestores responsáveis devem tomar. Alguns dos riscos são:

  • contaminação do solo e dos lençóis freáticos por causa do vazamento do chorume;
  • contaminação do ar por causa da emissão de gases tóxicos;
  • mau cheiro, fazendo com que as pessoas em volta percam a qualidade de vida.

Conheça três práticas para garantir a segurança ambiental em aterros sanitários

Agora, que você já descobriu que a segurança ambiental em aterros sanitários é essencial para evitar contaminações, é hora de conhecer algumas práticas que você pode adotar. Confira: 

1. Biorremediação

A biorremediação do solo consiste em uma prática que tem por objetivo usar matéria viva, como bactérias, fungos e leveduras, para transformar substâncias tóxicas em algo que não ofereça riscos, sendo de pouca ou nenhuma toxicidade.

Essa estratégia é uma excelente forma de garantir a segurança ambiental em aterros sanitários. Afinal, ela vai transformar o lixo em algo que pode ser usado novamente sem impactar de modo negativo o meio ambiente.

Em caso de contaminação, essa pode ser a melhor alternativa para reparar o problema. Ela pode ter custo menor que as demais soluções. Mas, para isso, você deve procurar uma empresa parceira que defina a melhor estratégia para o seu caso.

2. Compostagem aeróbica

A compostagem aeróbica é um processo de retirada do solo contaminado para um local onde ele deve ser tratado. São formadas pilhas de terra contaminada em um ambiente com os aspectos físicos e químicos controlados.

Por meio disso serão escorridos os líquidos vindo desse solo, e sua lixiviação será monitorada para que não sejam causados outros prejuízos.

3. Instalação de aterro em área de reflorestamento

Instalar aterro em área de reflorestamento consiste em ter a ideia de fazer o descarte dos materiais não recicláveis em locais que possam ter árvores plantadas novamente.

Isso visa diminuir os impactos ambientais que o descarte do lixo pode resultar. Se bem aplicada, essa iniciativa, com o passar do tempo, pode fazer com que vários locais dentro do país sejam reflorestados.

Fica claro que garantir a segurança ambiental em aterros sanitários é possível, e você deve optar pela melhor solução para ser bem-sucedido nesse processo. Por isso, não se esqueça de buscar uma empresa especializada que possa oferecer opções específicas para o seu caso.

Gostou de saber como garantir a segurança ambiental em aterros sanitários? Quer saber mais sobre o assunto? Entre em contato com a gente. Teremos prazer em tirar todas as suas dúvidas!

Deixe um comentário

doze − onze =