como-funciona-a-reciclagem-de-efluentes-industriais.jpeg

Como funciona a reciclagem de efluentes industriais?

Por SuperBAC Biotechnology Solutions
Escrito em 19 de dezembro de 2018
Atualizado em 19 de dezembro de 2018
Blog

A reciclagem de efluentes industriais é um dos caminhos para o desenvolvimento sustentável. Existem inúmeras possibilidades de empregar a tecnologia para remover as impurezas e reaproveitar a água de forma segura, poupando um recurso que se encontra cada vez mais escasso.

Segundo a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura, a indústria responde por 19% do consumo mundial de água. No Brasil, esse valor fica em torno dos 17%, sendo os setores de fabricação e refino do açúcar, fabricação de biocombustíveis e fabricação de celulose e outras pastas para papel os maiores responsáveis pela retirada de água do meio ambiente.

Quer saber mais sobre o reaproveitamento das águas residuais provenientes da indústria? Continue conosco!

A reciclagem de efluentes industriais

A disponibilidade e a qualidade da água são fatores limitantes para o crescimento tanto da indústria quanto das comunidades. Embora seja muito importante evitar desperdícios e fazer mais gastando menos, tratar e reutilizar a água que sobra dos processos industriais também pode salvar uma enorme quantidade desse recurso natural.

No Brasil, a reciclagem de efluentes industriais tem como principal destino o reuso não potável, ou seja, não é dirigido diretamente ao consumo humano. Com isso, o nível de tratamento requerido não é tão elevado, o que torna seu custo economicamente acessível.

Veja algumas finalidades em que as águas industriais recicladas podem ser aplicadas:

  • irrigação de gêneros agrícolas;
  • resfriamento de caldeiras;
  • rega de plantas ornamentais;
  • uso em descargas sanitárias;
  • cultivo de peixes e plantas aquáticas.

Boas práticas na gestão de efluentes industriais

Para um bom gerenciamento dos efluentes industriais, diversas etapas devem ser levadas em conta, incluindo:

  • geração — avaliar a quantidade e os tipos de resíduos, empregando formas de prevenir ou reduzir sua produção;
  • coleta e transporte — usar métodos compatíveis com a quantidade e os tipos de resíduos gerados;
  • tratamento — transformar os resíduos em produtos úteis;
  • eliminação — dispor os rejeitos em locais adequados, sem causar danos ao meio ambiente.

A legislação ambiental determina que as indústrias devem contar com um sistema eficaz de eliminação de efluentes e águas residuais. As melhores práticas de gestão de resíduos são aquelas que envolvem a reciclagem e reuso sempre que possível, ou a destinação final adequada.

O papel dos microrganismos no tratamento de efluentes

Antes de serem encaminhados para o reuso ou descartados nos corpos d’água, os efluentes industriais devem passar por um tratamento em diversas etapas. Inicialmente, são empregados processos físicos para remover os sólidos grandes em suspensão.

Para remover os poluentes, são utilizados métodos químicos que também preparam os efluentes para o passo seguinte: o tratamento biológico. Por meio dele, a matéria orgânica e outros compostos específicos são dissolvidos e transformados em flocos sedimentáveis graças à ação de microrganismos que atuam no tanque de aeração.  

Nessa etapa, fenômenos biológicos que acontecem naturalmente são acelerados, formando um depósito de lodo ativado. Assim como a água, esse material também pode ser tratado e reciclado, sendo encaminhado para uso em compostagem ou produção de biocombustíveis, por exemplo.  

Assim, a reciclagem de efluentes industriais é uma ótima opção para aqueles que priorizam processos de produção conscientes e a consequente preservação do meio ambiente. Ao optar pelo uso de consórcios microbianos de alta performance, há um aumento na capacidade de tratamento e redução de odores, tornando o processamento dos rejeitos mais rápido e eficiente.

Este artigo foi relevante para você? Então assine nossa newsletter e não perca mais nenhuma novidade! 

Deixe um comentário

1 + quatro =

Fique por dentro

Fique por dentro de todas as nossas novidades e soluções, do mercado de
agropecuaria, saneamento e bens de consumo.