4-solucoes-de-bioinovacao-na-agricultura.jpeg

4 soluções de bioinovação na agricultura

Por SuperBAC Biotechnology Solutions
Escrito em 3 de janeiro de 2019
Atualizado em 3 de janeiro de 2019
Blog

Muito tem se falado sobre a produção mais limpa de produtos nos diversos ramos da indústria. Na agricultura não é diferente. Cada vez mais as empresas estão preocupadas em utilizar a bioinovação para produzir soluções para os problemas desse setor.

Essa tecnologia pode ser utilizada para diversos fins e vem ganhando espaço por representar uma inovação biotecnológica com bastante potencial econômico.

Quer conhecer 4 soluções da bioinovação que podem contribuir para sua empresa? Continue lendo este post!

O que é bioinovação?

A bioinovação é a utilização de tecnologia para produção de alimentos com menor impacto no meio ambiente. Matérias-primas menos nobres, como esterco de animais, são utilizadas para desenvolver novos produtos de alta performance.

Dessa forma, a produtividade da agricultura é mantida, mas há um menor impacto dessa atividade no meio-ambiente. Todos os produtos desenvolvidos são certificados por instituições que comprovam a sua eficácia e segurança.

Quais são as principais soluções de bioinovação?

1. Fertilizantes de alta performance

Os fertilizantes são utilizados na agricultura com o objetivo de proporcionar uma eficiência agronômica, fixação de nitrogênio e maior resistência às pragas. A produção de fertilizantes de alta performance possibilita a entrega dos nutrientes e minerais que a planta precisa para crescer saudável.

Em sua produção, é utilizado esterco de aviários, transformando-o em um produto de liberação gradual de nutrientes. Além disso, ele reduz a utilização de adubos químicos e isso, consequentemente, reduz a extração de rochas da natureza.

2. Aditivos biotecnológicos

O controle de pragas é um assunto que preocupa os agricultores, pois algumas doenças podem arruinar toda uma lavoura. O uso de agrotóxicos para esse fim vem sendo questionado devido à sua toxicidade.

Os aditivos biotecnológicos podem ser utilizados em substituição aos defensivos químicos. Eles possuem ativos orgânicos e minerais que oferecem nutrição e proteção, além da sua baixa toxicidade.

3. Produção de enzimas e microrganismos

Embora não sejamos capazes de ver, os microrganismos estão presentes em todos os lugares da natureza. Quando utilizados de forma correta na agricultura, eles têm um papel importante na manutenção do ecossistema.

Eles podem ser utilizados na produção de enzimas e hormônios vegetais, disponibilizando nutrientes que auxiliam no crescimento das plantas. Além disso, podem ser utilizados para fazer a biorremediação do solo, recuperando o solo e deixando-o pronto para ser utilizado novamente.

4. Desenvolvimento de alimentos que amadurecem mais lentamente

Toneladas de alimentos são descartados em feiras livres e supermercados diariamente. Isso acontece, pois, durante o tempo entre a colheita, transporte e venda, esses alimentos podem amadurecer e se tornar menos interessantes para os consumidores.

Além do desperdício causado, isso representa um prejuízo para o produtor. Uma forma de evitar essa situação é desenvolvendo, por meio da bioinovação frutas e verduras que amadureçam mais lentamente. Dessa forma, elas terão seu tempo de prateleira estendido.

Esperamos que esse post tenha esclarecido suas dúvidas sobre bioinovação. Esses produtos podem aumentar a produtividade da sua plantação e auxiliar o negócio, além de contribuir para o desenvolvimento de uma produção mais limpa.

Gostou do post? Para não perder nenhuma novidade, assine nossa newsletter e receba em primeira mão nossos conteúdos.

Deixe um comentário

1 × três =

Fique por dentro

Fique por dentro de todas as nossas novidades e soluções, do mercado de
agropecuaria, saneamento e bens de consumo.